A rústica atmosfera de uma casa na Ilha de Elba

foto01divulgac3a7c3a3o

A Ilha de Elba é um lugar de beleza intocada,  um tesouro precioso abundante  de natureza, história e poesia.  É  nesse atraente cenário que   fica a  Casa Melagrana, uma contrução em estilo minimalista e com  um amplo uso de materiais naturais e locais. É uma típica casa de campo,  cheia de encanto,  que através de uma acurada  restaução, se tornou  um lar acolhedor e romântico.

 Os espaços são  arejados, a ambientação  é recolhida e  os materiais dão aos espaços uma grande intensidade. A atmosfera rústica, dominada pelos tons quentes de ocre e âmbar, foi esplendidamente aprimorada por  peças de iluminação da Catellani & Smith. Ao longo da superfície de 100 metros quadrados da Casa Melagrana, foram projetadas  diversas  criações de iluminação a fim de traçar uma espécie de jornada emocional e sensorial, onde a luz se torna arte nos olhos daqueles que sabem olhar.

 A  importância do meticuloso trabalho artesanal se revela através  de cada detalhe. As traves de madeira perfeitamente recuperadas , as paredes em pedras, o charme  das velhas portas com a pintura antiga preservada.. Todos esses elementos, dão vida a um ambiente irresistível, que nos acolhe e acaricia.

foto02divulgac3a7c3a3ofoto03divulgac3a7c3a3ofoto04-divulgac3a7c3a3ofoto05divulgac3a7c3a3ofoto06divulgac3a7c3a3ofoto07divulgac3a7c3a3ofoto08divulgac3a7c3a3o

foto01divulgac3a7c3a3oCasa Melagrana_3

Créditos fotos: Adriano Bacchella

Texto publicado no site da Revista Ludovica

Conselhos Úteis para uma Decoração Eficaz

Foto 1- pinterest

Você vai decorar uma nova casa ou renovar algum ambiente? Nesta hora, muitos profissionais alertam para a importância  de não nos descuidarmos de certas particularidades que podem comprometer um resultado satisfatório. Selecionei alguns conselhos que podem ser úteis para  evitar falhas que normalmente acontecem neste processo.

1. Evitar a tentação de decorar tudo imediatamente.

O desejo de ver tudo pronto e a pressa em definir toda a decoração, podem nos levar a vários erros de avaliação, tanto na escolha dos móveis, quanto na escolha estética. Uma casa feita a toque de caixa pode resultar impessoal e com cara de catálogo de móveis. Lembrem-se que uma casa se faz com o tempo e evolui com os anos. Afinal é muito mais prazeroso vivenciar com calma a definição dos detalhes, como garimpar  peças únicas, identificar mais precisamente o próprio gosto e a melhor  forma de usufruir dos espaços.

2. Atenção especial na escolha dos acessórios.

É comum nos concentrarmos muito na escolha de móveis de grande dimensão, de maior utilização e deixarmos mais ao acaso a escolha dos complementos, como tapetes, cortinas, almofadas, vasos e objetos. Devemos ter uma atenção especial ao fazer essas escolhas, pois, acessórios equivocados podem estragar tudo e deixar o ambiente sem sentido e insípido. Já uma composição bem estudada de todos os elementos, gera grande harmonia.

3. Criar uma identidade cromática.

É essencial na decoração de um interior a definição de uma paleta de cores e a escolha criteriosa das tonalidades, que serão a base de um ambiente. É muito arriscado definir as cores das paredes, dos tecidos e objetos seguindo somente o instinto. Podemos chegar a resultados muito decepcionantes e difíceis de digerir. Se não se sente apto a fazer essa definição, a melhor opção é buscar o conselho de um profissional.

4. Pendurar os quadros na parede na posição correta.

Parece uma tarefa fácil pendurar os quadros na parede, mas na realidade não é tão simples, principalmente, quando estes possuem molduras de formas e estilos diferentes. É sempre aconselhável estudar a disposição com minúcia, para dar às paredes uma certa coerência. Em muitas situações, eles são posicionados muito no alto, quando o correto, é seguir a regra das galerias de arte e pendurá-los aproximadamente a 160 cm do piso, considerando a base. Ao invés de colocar um quadro em cada parede é melhor reuni-los em uma única,  compondo  com as cores, dimensões, sem receio de misturar antigo e contemporâneo, fotos de famílha e desenhos dos filhos.

5. Levar em consideração o próprio estilo de vida.

Jamais decore a sua casa com móveis que não se adaptam ao próprio estilo de vida. Se você é um amante dos animais e possui vários que giram pela casa, por exempolo, ou se adora comer no sofá e na sala, deve adquirir peças e móveis que atendam à essas necessidades e exigências, de forma que se possa desfrutar o máximo do próprio lar.

Inspiração: Coleção Naive de Wallpepper

A coleção Naive da Wallpepper  apresenta temas para o universo infantil, ( mas não somente)  através de cenários encantados  como florestas,  galáxias misteriosas,  céus infinitos e até arcos arquitetônicos.  São imagens repletas de  cores suaves, mas ao mesmo tempo cheias de vivacidade.  A coleção é um grande estimulo à imaginação e abre uma porta para viagens a mundos inimagináveis .

La ruse_amb

Au fil des feuilles_ambTrompe l'œil_ambTra le nuvole_amb

Space oddity_ambSoft climb_ambVanité_amb

Mystique_amb

Fotos cortesia da Wallpepper

 

Ponto Cruz exaltado na Coleção de Gan

Canevas geo coral+grey image 1

CANEVAS GEO, é a terceira coleção da Designer belga Charlotte Lancelot para a GAN, que mais uma vez faz uma exaltação às técnicas de bordado tradicionais.

A Coleção  de Gan aplica o ponto cruz numa dimensão maior do que aquela habitual e com fios de lã coloridos. Uma Graça!!

Saboreiem a coleção através das imagens abaixo:

Canevas geo coral+grey image 3_detail 1_cat

Canevas geo grey image 1_detail 2

Canevas geo green cushions image 1_detail 2

Canevas geo green image 1

Canevas geo green image 1_detail 3

Canevas geo grey cushions image 1

Canevas geo grey image 2_cat

Canevas geo grey cushions image 2_detail 2

Canevas geo coral+grey image 1

Fotos cortesia GAN

A VERSATILIDADE DO POUF EM DIVERSAS FORMAS

GAN Mangas Space                                                    Poufs Mangas Spaces da Gan

Se tem um elemento de decoração que considero realmente versátil é o pouf. Ele pode ser colocado em diversas partes da casa e a sua utilidade varia muito de acordo com o gosto e a necessidade de cada um. Essa peça  pode ser utlilizada como assento, como base para apoiar os pés em momentos de relaxamento,  como mesa de centro para colocar  pequenos objetos ou livros e em muitas outras funções  que a criatividade permitir. No quarto das crianças pode ser muito prático e seguro  como assento baixo ou para apoiar brinquedos que podem ser fáceis de alcançar.

Os Poufs também são uma das melhores alternativas  de decoração para  dar movimento a um espaço, uma vez que podem ser itinerantes.  Através da fantasia é possível criar soluções originais, definir melhor o estilo e principalmente, tornar o ambiente mais acolhedor e relaxante.

Nós últimos anos, os poufs tem ganhado muito protagonismo nos projetos de interiores, seja em ambientes de convívio, salas, quartos e ambientes externos ou em  qualquer outro espaço onde se deseja dar um toque de contemporaneidade.  Pequenos, grandes,  clássicos,  contemporâneos, estampados ou coloridos são sempre uma ótima alternartiva para aumentar os lugares para sentar ou somente como elemento decorativo.

Eis alguns exemplos em diversos estilos e modelos para nos inspirar:

foto 02 - Divulgação ambiente Saba Italia e archiproducts                           Ambiente Archiproducts e Saba Italia – foto divulgação

foto 04 - Divulgação ambiente Studiopeppe                                       Ambiente Studiopeppe – Foto divulgação

foto 05 pouf Buddy by Pedrali                                    Pouf Buddy by Pedrali – Foto divulgação

Foto 06 divulgação seleção de poufs

01. Pouf BELTE de MY home collection – Design by Elena Salmistraro

02. Pouf Sisters de Softline – Design by Busk e Hertzog

03. Pouf Esedra de Poltrona Frau – Design by Monica Foster

04. Pouf Geo de Saba Italia – Design by Paolo Grasselli

05. Pouf Drop de Cor – Design by Pauline Deltour

06. Pouf Vanaty de Missonihome

07. Pouf elephant de Sancal – Design by Nadadora

08. Pouf Buddy de Pedrali

foto 03 - POuf Spezie de Paola lenti Design by Marella Ferrera                  Pouf Spezie de Paola lenti Design by Marella Ferrera – Foto divulgação

Texto publicado no site da Revista Ludovica

CORES PARA 2019

LADY-Supreme-Finish-15_7629-Antique-green_Door_12078-Comfort-Grey_Back_7628-Treasure-1440x2160-768x1152Refined

Sou uma grande entusiasta do uso das cores no Design de Interiores, adoro o desafio de criar “moodboards” e me inspirar em  paletas cromáticas  para criar ambientes que possam expressar  os  gostos e a  personalidade de seus habitantes. Com base nestes conceitos, para falar das cores que estarão em evidência em 2019, trago a cartela cromática apresentada pela marca norueguesa  Jotun.

Sediada em Oslo, capital da Noruega, a  Jotun   é  uma empresa especializada em pintura de interiores e  possui uma forte influência sobre o mercado.  Por isso, ela é  uma importante fonte de inspiração e criação de tendências. A coleção Jotun Lady 2019, denominada “Identity”, foi lançada em agosto e apresenta  um conjunto de nuances belíssimas.   A coleção busca explorar as cores que melhor representam o estilo de vida urbano atual em todo o mundo.

Para melhor representar a sociedade de hoje, a marca não apresenta apenas uma cor do ano, mas analisa  28 novas tonalidades, através de paletas guias diferentes, divididas em três temas: Calm, Raw e Refined.

CALM

No tema calm (calma) foram escolhidas tonalidades  suaves, neutras e  claras em contraste con tons  quentes e sutis. Através de uma identidade calma  que valoriza o significado em detrimento da quantidade, para assim revelar a simplicidade típica do estilo nórdico. A casa dever ser um refúgio prático e  um lugar de paz.

Foto 01 divulgação- tema calm

Foto 02 divulgação paleta de cores tema Calm

Foto 03 divulgação Tema Calm

jotun_10290_soft_touch_v1

jotun_12078_comfort_grey_m8

RAW

Na paleta RAW (cru) , foram escolhidas cores quentes da terra, tons neutros, o cinza e tons avermelhados queimados. Este tema exalta a atmosfera rústica e relaxante.

Foto 06 divulgação Tema Raw

Foto 05 divulgação paleta de cores tema Raw

Foto 04 divulgação tema Raw

Foto 01 divulgação Tema Raw

REFINED

Na tema refined (refinado) A casa é um lugar onde tesouros vintage, objetos de design raros e arte são testemunhas de um apurado senso estético. As  cores  amarelas e verdes em tonalidades acesas permiterm aos detalhes  de realçarem  as características particulares de cada interior.

jotun_7628_treasure_1

Foto 08 Divulgação paleta de cores Tema Refined

Foto 09 divulgação refined 2

lady-minerals_0394_varmgra

Foto 07 divulgação refined

Texto publicado no site da Revista Ludovica

Fotos by Line Thit Klein Divulgação Jotun

Iluminação correta faz toda a diferença na decoração

foto 01 Salvioni Design Solutions divulgação

Foto: Salvioni Design Solutions

A luz, seja natural ou  artificial (principalmente)  é o que nos  ajuda a apreciar as características de um ambiente. A iluminação deve ser funcional, ou seja, atender às necessidades de cada ambiente. Mas também,  pode  ser uma grande aliada para decorar a casa.

Quando pensamos em tornar nossa casa mais bonita e acolhedora, raramente pensamos o quanto a iluminação pode fazer em termos decorativos. A luz é  um elemento fundamental para criar atmosferas e efeitos especiais. Com a iluminação, valorizamos uma peça do mobiliário, harmonizamos as cores e percebemos um ambiente como maior ou mais regular, pois ela, pode mudar a percepção do espaço nitidamente.

A presença de luzes bem posicionadas faz  a diferença.  É muito importante ter lâmpadas de leitura à mão perto da cama ou do sofá, luz suficiente na cozinha para preparar um prato mais complexo e  luz no  tom e intensidade corretos  no banheiro  para realizar  a  maquiagem com precisão.

Se você perceber que não há luz suficiente para atividades que exijam precisão ou empenho visual, é hora de reconsiderar a iluminação de sua casa, ou pelo menos, a potência  de suas lâmpadas.  O efeito de cada  iluminação  é diferente e deve ser avaliado caso a caso. Geralmente falamos de “luz direta” quando projetamos diretamente em uma superfície ou objeto e “luz difusa” se indiretamente ilumina um espaço, por exemplo quando refletido do teto.

É recomendável usar várias fontes de luz e tipos diferentes ao mesmo tempo, para que você possa a qualquer momento gerenciar a quantidade de fluxo de luz, mas também o “humor” do ambiente

Para uma iluminação ideal,  primeiro  deve-se  estudar o layout do mobiliário a fim de  entender onde é o melhor lugar  posicionar as   lâmpadas  ou lustres. É importante não cometer o erro de decorar toda a casa e somente depois pensar na iluminação. Pois  esta é que define o estilo da decoração, conferindo personalidade, conforto e aconchego ao  interior de uma casa.

Foto 02 Luce Plan divulgação

Luce Plan

Foto 03 - divulgação fontanaArte

FontanaArte

Texto publicado no site da Revista Ludovica

COMO  DESFRUTAR  ÂNGULOS PERDIDOS  DE UMA CASA

âgulo conversação Casa-Cor-2012 - projeto de Gisele Taranto - Foto André Nazareth

âgulo conversação Casa-Cor-2012 – projeto de Gisele Taranto – Foto André Nazareth

A sua casa possui um lugar acolhedor onde ler, falar ao telefone, usar o celular ou  tirar uma soneca, que não seja a sua cama? Se o lugar mais cômodo de sua a casa é a sua cama, talvez seja o momento de repensar  algumas coisas. Neste caso, pode ser que o seu lar seja acometido  por um excesso de rigidez,  que o torna carente de aconchego e comodidade.

Em uma casa,  existem sempre espaços vazios e ângulos interessantes que não são devidamente aproveitados. Ocupar estes espaços, aparentemente perdidos, pode ser uma ótima solução para criar pequenos oásis de paz. Como por exemplo, posicionar uma cômoda poltrona em um cantinho do quarto ou uma chaise-long ao lado de uma janela ensolarada.  Assim, você pode criar um delicioso espaço de leitura ou de contemplação, para saborear a luz do entardecer ou um dia de chuva.

Encher um sofá de almofadas  ou criar um pequeno ângulo de conversação, com  pequenas poltronas em torno de uma mesinha, para bater papo e tomar um aperitivo. Você pode ainda colocar   muitas plantas em um canto da sala para  criar um pequeno bosque no interior  da casa.  Todas estas soluções, são  formas muito simples e imediatas de se tornar um lar  mais aconchegante.

A organização dos espaços é essencial para valorizar o ambiente doméstico. Ao se posicionar os móveis e os elementos de decoração, nos concentramos sempre nas áreas centrais dos espaços, negligenciando muitas vezes os ângulos aparentemente sem função.  Nada  mais errado. As áreas marginais de uma casa possuem um grande potencial, tanto do ponto de vista estético quanto funcional. Desfrutá-las da melhor  maneira,  nos permite recuperar estes espaços  e criar uma decoração original.

Foto 01 - Pinterest

Foto 02 Divulgação Gubbi

Foto Divulgação Gubbi

foto 04 Angulo conversação - divulgação

Foto Divulgação

Texto publicado no site da Revista Ludovica