Roma recebe Davide La Chapelle

Davide La Chapelle foto lenise 1

Foto Take by me

Meu contato mais próximo com a obra do fotógrafo norte  americano  Davide  La Chapelle se deu através de minha atuação como designer de interiores, de vez que é um artista e fotógrafo muito apreciado e cotado na Itália. Algumas de suas obras inclusive, serviram de inspiração para vários ambientes que criamos.

Assim, já familiarizada com o instigante trabalho desse artista, fui, como dizem os Italianos, “spinta” a visitar a grande mostra aberta no  monumental “Palazzo delle Esposizione” em Roma, uma das maiores e mais aguardadas retrospectivas dedicada  à La Chapelle, com mais de 100 obras em grande formato, que estará aberta até 13 de setembro de 2015.

Sua performance com incursões absolutamente inovativas e criativas o tornou célebre no mundo publicitário, discípulo de Andy Warhol, foi por este consagrado na revista interview em 1980, e a partir daí, com apenas dezessete anos, construiu uma carreira de imenso sucesso, principalmente no mundo da moda. Entre as estrelas de suas fotografias estão Michael Jackson, Madonna, Elton John, Lady Gagá, David Bowie.

Em 2006 durante uma visita privativa à Capela  Sistina, a sensibilidade de  La Chapelle foi profundamente tocada pela grandiosidade da obra de Michelângelo, e  o fascínio  pelo gênio renascentista,  o inspirou  a produzir a   serie denominada “ The Deluge” O Dilúvio. Esse  momento único provoca uma radical transformação em sua carreira, ele abandona o mundo da publicidade e das páginas de revista, e libera todo seu potencial criativo, toda loucura aprisionada em sua mente fértil para produzir obras essencialmente artísticas.

A mostra em  Roma intitulada “ Dopo il Diluvio” ( Depois do Dilúvio) enfoca principalmente, o novo processo criativo do artista surgido após a guinada de 2006.  Contudo, estão também expostas uma série de obras criadas entre 1995-2005, que permitem ao público avaliar sua fase precendente, que  lhe conferiu fama mundial.

Estar diante das obras de La Chapelle representou para mim uma antiga aspiração, que preencheu plenamente minhas expectativas, tamanha a beleza de suas criações. Uma explosão radiante de cores esteticamente apuradas, aliada a uma insanidade lúcida, que não sabemos onde começa e termina o onírico e a realidade.

Seu surrealismo satírico e provocante, revela um artista com grande conteúdo humanista, preocupado com as questões sociais e inconformado com o comportamento do homem na  sociedade pós-moderna.

Saí da mostra com o espírito trabalhado pelas emoções do artista, La Chapelle nos transmite  beleza, originalidade, senso crítico, rebeldia e nos desperta grandes reflexões.

Davide La Chapelle foto lenise 7Davide La Chapelle foto lenise 3

Davide La Chapelle foto lenise 8Davide La Chapelle foto lenise 6